Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

Ia eu...

por omundodosqueijos, em 26.02.09

... cheia de esperança para o trabalho,
tudo apontava para um fim, cada vez mais próximo.
(Ontem tinha os vistos à paulada)
mas afinal, nada acabou, pelo menos para já.
Acabou sim, a minha esperança de ter um trabalho normal,
assim como das 9:00 às 18:00,
pronto, pronto, já me contentava ter de ficar até às 19h00 vá lá.

Amanhã, como no Sábado qui ça domingo, segunda...
entrarei por volta das 9h00 (sim, porque isto de pontualidade, não é comigo)
e sair, assim, como hoje: 20:00 e tal, 21h00 e 22h00...


Dinheirinho, que é bom?
Esse, a CGD gasta-o em acções da Cimpor...

( e os outros, gastam... bem não sei e, é melhor nem saber)
Eu e nós... bem temos esperança e alguma força, debaixo destas olheiras
Resta-nos cumprir prazos impostos hoje, mas para ontem.


Site Meter

Bananas

por omundodosqueijos, em 24.02.09
Oh senhores da CGD!!! se há assim tanto trabalhinho para fazer em terras de Jardim, mandem-mo esta semana, dava-me cá um jeito...
Site Meter

O meu carnaval

por omundodosqueijos, em 24.02.09

Indiferente ao trabalho. Parti como prometido para Xinzo de Limia (uma vila feia mas muito engraçada em terras de nuestros hermanos).


Tinham-me prometido uma verdadeira animação.
Superou.


Chegamos por volta das 17horas. Achamos fantástico e ficamos surpreendidos com o número muito reduzido de pessoas que não estavam mascarados. Até comentamos:

- O desfile carnavalesco, deve ter acabado agora mesmo.

Estávamos redondamente enganados. Na verdade, naquela vila, todos (desde os mais novos até aos mais velhinhos) têm de andar mascarados, sob pena de serem encontrados por amigos e colegas e obrigados a pagar um copo aquela malta toda. (A esta situação tive a feliz oportunidade de assistir a dois casos, que vos garanto me deixaram deslumbrada. Os amigos do suposto pobre coitado apanhado à civil, levaram-no em braços para o primeiro bar e ali foi obrigado a desembolsar o representante a um caneco a todos aqueles (e eram mais de 10) supostos colegas e amigos), e eu vi isto, por duas vezes.

Continuando... Eis o fato tradicional de Carnaval em Xinzo de Limia (custa para lá de uma pipa de massa). O que estes dois exemplares têm na mão, não são mais que bexiga de porco/vaca seca que depois de "enchida" faz mais barulho que tambor.


Continuando com a descrição do meu Carnaval.


Depois de nos termos ido mascarar, juntamos-nos aos nossos amigalhaços (la enfermerita, peke, Juan e Maria e mais dois novos amigos). Eram 19h, quando demos entrada no primeiro estabelecimento de abastecimento (bebida e comida), aqui e como eu NÃO gosto de canhãs, claras e tudo similar, fui obrigada a iniciar-me em Cacique cola, situação que se repetiu até ás 06:00 (11horas non stop).

Depois foi um não mais parar, entre umas tapas, tábuas e licores de cafés. Passeamos por toda a vila. Ao contrário do tradicional Carnaval português, onde o povinho assiste ao desfile dos foliões, em Xinzo de Limia, somos todos foliões, o cortejo é disperso, são vários os carros alegóricos que desfilam pela vila sem norte nem rumo. Não existe uma fila, mas sim, um para seu lado. O que permitiu em cada esquina encontrarmos música e festa, todos eram convidados a entrar nos carros alegóricos (coisa que não acontece em PT, com muita pena minha).


A noite continuou com muita festa e diversão. Muitos rabos "puxados", muitas risadas, muita dança e como manda a tradição espanhola, muita música.
Todos os bares estiveram abertos a noite toda e continuaram manhã dentro, tarde e hoje continuam - verdadeiras maratonas.



Se fosse em Portugal, não seria, estou certa, pois que os ambientalistas teriam já providenciado medidas cautelares e tudo a que têm direito, alegando níveis de dB superiores aos permitido por lei. A vizinhança já teria chamado a polícia vezes sem conta.


O facto de aqui em Portugal, prevalecer a lei de consumo mínimo obrigatório nos bares, motiva a uma clara redução da dinâmica económica. Deveriamos aprender isto com os espanhóis.
A minha noite de Carnaval foi simplesmente fantástica. Nada comparável com o Carnaval dos anos anteriores passados em Ovar, Torres Novas, Algarve e até mesmo Barcelona. Por isso, Vós garanto, para o ano lá estarei.

Adorei Xinzo de Limia!

Num próximo post, irei mostrar-vós fotos dos fantásticos trajes que se cruzaram na noite de Xinzo.
Quanto aos meus AMIGOS, uma coisa é certa, mais festas ibéricas irão-se suceder em 2009.

Site Meter

De segunda até sábado

por omundodosqueijos, em 24.02.09

Passei poucas horas a dormir, algumas refeições acompanhei-as com trabalho, as restantes horas foram dedicadas ao trabalho e ao trabalho, deixei apenas um bocadinho para a avaliação final de uma cadeira.

Na faculdade:
Falta-me melhorar um trabalho (tenho de o fazer até dia 02 de Março).
Fazer, entregar e apresentar um plano de marketing (até 04 de Março).
No trabalho:
Vi as minhas férias (planeadas à muito) por um canudo. Como resposta a esta situação tive um:
" - Não se preocupem, que irão ser compensados (é claro que ainda não sei como, mas terão que ser compensados)"
Eu sei como me podem compensar, mas sobre isso, falamos no final do mês.
" - Eu protejo-te"
(Ir para o trabalho agora tem um novo alento, sei que serei protegida por alguém que combina a cor da gravata com a cor dos sapatos).
Férias (as tão esperadas):
Adiei a partida de sexta a noite para domingo a tarde - motivo: muito muito trabalho, aquele que antes era urgente, com o passar das horas passou a urgentíssimo e de um momento para outro se transformou em "de vida ou morte".
Estive apenas e pouco mais de 24 horas em terras espanholas e recebi 3 chamadas e uma sms - de trabalho. Aos quais tive de responder com um:
- Eu volto já, eu volto já!
E pronto aqui estou eu. A trabalhar numa terça-feira supostamente de Carnaval.


Site Meter

O concerto dos Oasis

por omundodosqueijos, em 24.02.09
E o concerto foi assim:




(Video que encontrei no youtube)




E fica aqui mais um video (que não é meu):

Site Meter

Os meus últimos dias

por omundodosqueijos, em 24.02.09
Por motivos vários, estive ausente por muito tempo, mas para Vós compensar irei hoje postar umas 500 mil vezes e, contar-vos tudinho!
Site Meter

3º Concerto 2009

por omundodosqueijos, em 14.02.09

Mouros, me aguardem!
Vou saltar, vou esbracejar, vou gritar e tentar cantar.


Site Meter

Tinha de contar...

por omundodosqueijos, em 11.02.09

Para além de ontem, ter sido despedida três vezes num espaço de 5 minutos, uma das quais por:


Boss - Trate então esse assunto com o Tibúrcio
Eu - O nome dele é Tibério.
Boss - Está a corrigir-me?
Eu - Não, de forma nenhuma. Mas já vi o seu "superior" a trata-lo por Tibúrcio ao telf. E o nome dele é Tibério.



Despedida pela segunda vez:

Boss - Está despedida
Eu - Óptimo, estava mesmo a precisar de descansar... vão ser férias antecipadas.
Boss - Aí quer férias? Então só está despedida em Julho ou Agosto.

Despedida pela terceira vez:

Boss - Eu trabalho com um bando de incompetentes. Estão todos despedidos.


Hoje, acabar o dia a dar ordens ao boss...

Eu - Bem, tem que fazer (isto, e aquilo, e etc.)
Boss - Ok! É só?
Eu - Depois, pode fazer também.....
Boss - Certíssimo, é isso que farei. Você é quem dá mesmo as ordens.
(só não entendo, porque é que metem executive manager a ganhar mais que nós, quando quem maneja os executivos todos, somos nós)
Site Meter

Crise

por omundodosqueijos, em 10.02.09
"Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor bênção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar "superado".

Quem atribui à crise seus fracassos e penúria, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la".

(Albert Einstein)

Site Meter

...

por omundodosqueijos, em 08.02.09

Site Meter

Blogs Portugal

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Favoritos