Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

Em jeito de balanço.

por omundodosqueijos, em 31.12.11
2011 foi o ano assim assim.
Se por um lado, foi o melhor ano de viagens, aventuras e coisas boas. Também foi o ano que mais me assustei, com coisas más, muito más.

Em 2011 fui a Nova Iorque (e como adorei esta cidade, tanto, tanto quero mesmo lá voltar, faço tudo, para poder lá voltar e, sem dúvida a MELHOR viagem de sempre), estive em Washington DC, fui a Berlim, esquiei na Serra da Estrela, fui novamente a Andorra, fui a Viena (para mim, a cidade mais romântica da Europa), estive em Sanxenxo, fiz as melhores férias grandes de sempre, estive no Dubai, Tailândia (ah! Tailândia!) e em Milão.

2011 foi o ano em que tive mais vontade de chorar. Foi o ano em que aprendi muito sobre mim e principalmente sobre o meu núcleo enorme de pessoas que me rodeiam.

2011 deixa saudades, sim. Mas eu tenho a certeza (e não, não vi as previsões da Maya e de outros), 2012 vai ser o meu ano. Quer pessoal, profissional, quer outro qualquer. Apenas porque eu trabalhei para isso, porque continuo a lutar para que assim seja e principalmente porque EU quero.

A todos os bacalhaus, que porque por um motivo ou outro aqui vêm parar, os meus votos de um 2012 tão bom como o meu. E que o queijo não falte!
Site Meter

Já corri com 2011

por omundodosqueijos, em 31.12.11

Talvez esteja num fuso horário semelhante ao da Austrália ou Nova Zelândia, mas a verdade é que foram 30 minutos a correr para 2012. Agora estou exausta!
Site Meter

Estou em guerra comigo mesma!

por omundodosqueijos, em 29.12.11
Só vou aos saldos, depois de arrumar o meu guarda-roupa. Só arrumo o meu guarda-roupa quando tiver tempo. Não tenho tempo e os saldos já começaram. É agora ou nunca.
Site Meter

Oh tempo volta para trás...

por omundodosqueijos, em 29.12.11
Eu não sei se vou a tempo, mas se por acaso ainda for, alguém se importa de dizer ao Pai Natal que eu gostaria muito de receber um modelito de cada? É que já estive a fazer algumas contas e não as posso incluir no meu pacote de saldos!
Site Meter

***

por omundodosqueijos, em 28.12.11

L'Agence Xmas Video - Vogue.pt from VoguePT on Vimeo.
Site Meter

Para sempre

por omundodosqueijos, em 28.12.11

"Juro amar-te e respeitar-te, na saúde e na doença até ao resto das nossas vidas!" - Para muitos, isto é sinonimo de amor eterno. Para os mais vanguardistas é a emancipação, a saída de casa dos país e o inicio de uma vida autónoma. 

O "para sempre" tem um peso temporal muito curto. Nos tempos dos nossos avós, era até aproximadamente os 50/60 anos. Este foi reduzindo até que nos nossos tempos o "para sempre" por vezes nem um ano dura. Jurar amar alguém mais do que o infinito, mais do que as estrelas do céu, mais do que todas as gotas do oceano, são frases tão feitas, tão banais, tão corriqueiras como cantar o "atira o pau ao gato". E isto não é falta de romantismo. É  ser céptica talvez, é ter confiança no amor que se vê e que se sente e é ter falta de confiança no amor que se ouve. 

Se para mim, é um padre e um papel assinado na conservatória que vão definir o quão amo alguém? Não, de todo. O "para sempre" desse papel assinado e do copo de água pode ser facilmente travado com o pagamento de uma conta de 2500,00€ na conservatória e a substituição do estado civil no CC. Hoje, considero que medição do "para sempre" de um amor, pode ter a duração de 30 ou 40 anos e mede-se em mensalidades pagas ao banco, quanto maior a euribor, maior é o amor um pelo outro.

Mas acredito piamente no amor, com ou sem, para sempre. Ele existe. 
Site Meter

Missão possível!

por omundodosqueijos, em 28.12.11


É bom ver e poder dizer: "já ali estive".
Site Meter

Lista de presentes

por omundodosqueijos, em 26.12.11
Se daqui a 8 meses [porra, falta tão pouco] o meu ressabiamento por não ter recebido nenhum dos presentes de Natal da minha lista tiver passado e eu, por qualquer outro motivo não quiser renovar o pedido dos mesmos. Fica aqui uma dica.
Site Meter

Toca aproveitar que eu não dou borlas destas todos os dias

por omundodosqueijos, em 26.12.11
Então é assim, se queres montar um negócio, daqueles mesmo da China, que dá montes de dinheiro sem grande investimento inicial e melhor que tudo, sem grande esforço, alia-te a um ginásio, monta uma bancada de venda de chocolates, mesmo à portinha dos estúdios das aulas e verás que é um sucesso garantido.

Hoje, no ginásio, a professora olhou pela vida dela, assim como todos deveríamos fazer. Não ficou a espera de milagres nem muito menos, que o salário lhe bata a porta. Depois de uma aula, puxada (pelo menos para mim, que ainda estou em fase de adaptação),  ofereceu um chocolate (natalício) a cada uma de nós. Sim é verdade, estivemos uma hora ali a malhar para fingir que perdíamos as toneladas de calorias ingeridas em apenas um fim-de-semana. E ela pimba! No momento mais frágil, naquele em que ainda não conseguimos usar o cérebro e, oferece-nos uma bomba calórica, como que a dizer: Ah e tal, estão aqui para perder calorias sim, mas não percam todas, porque se não fico sem emprego.

Vai daí, a minha alma empreendora ficou logo a empolgada e imaginou, os euros que não se poderiam fazer, se uma bancada de chocolates estivesse mesmo ali à mão de semear, naquela fase em que estamos anestesiadas pela aula e ainda não temos consciência do trabalho que dá perder apenas uma caloria.

Não estivesse eu entretida a fazer pela vida, que viam se eu não pegava nesta ideia. Mas vá lá, estamos ainda em rescaldo natalício e no caso de o Pai Natal não ter sido tãaaao generoso convosco, como foi comigo, oferece-vos esta ideia. Mas livrem-se de montar estaminé no MEU ginásio. 
Site Meter

Então é assim:

por omundodosqueijos, em 26.12.11
Cheguei a conclusão que o Pai Natal não lê o meu blog. O que faz dele uma pessoa muito out. Azar o dele. 
Natal  já está a acabar e eu não me posso queixar. Foi bonito, simpático, soalheiro, quentinho, cheio de filhós e queijos, pates e chocolates, tronco de natal e compotas. 
O Pai Natal atracou renas à minha porta e apesar de não ter passado por nenhuma das lojas recomendadas, encheu-me de imensas coisas giras e à medida (pelo menos eram as medidas certas, horas antes de ter passado praticamente o fim-de-semana inteiro sentada à mesa a enfardar todas as coisas deliciosas descritas acima).
Amanhã partilho as coisas fantásticas e maravilhosas que ele me trouxe.

Ah! Quando na passada sexta-feira, o meu irmão me perguntou se queria um Guess ou D&G? Referia-se a um fantástico e maravilhoso relógio. Sim é verdade. Perdeu a cabeça e ofereceu-me um relógio lindo de morrer. Amanhã mostro-vos. 


Site Meter

Blogs Portugal

Pág. 1/5

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Favoritos