Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

Jantar mistério

por omundodosqueijos, em 24.01.10
Na passada sexta, as meninas de QAI e os respectivos equipamentos, decidiram festejar o natal. Sim, NATAL (a 22/01/10). Na verdade fomos ver se é como dizem que o natal é mesmo quando um homem/Mulher quiser. E foi.
No entanto nem tudo correu bem. Começou quando todos decidiram estacionar precisamente num sitio proibido (era linha amarela), mas e depois de umas continhas (que depois de analisar bem a noite, quase garanto que estavam mal feitas) decidimos que se todos fossem multados, poderíamos dividir os custos por todos e que assim não haveria feridos.. Eu como não levei carro, nem disse que pagava multa de ninguém, não me preocupei muito (brincadeirinha).
Munidos do tradicional bacalhau, disfarçado de fracenzinha, fizemos como uma bela família em noite festiva. Rimos, contamos histórias passadas, cortamos na casaca de quem não esteve... Ok, só não abrimos presentes, nem havia o calor de um recuperador de calor. Mas tudo o resto era quase igual.
Podíamos ter pedido sobremesas a fartazana, pois e segundo as ultimas palavras do big boss, "eu não posso ir, mas a sobremesa é por minha conta!" (Esteja descansado, pois pedimos facturinha a parte só com as sobremesas).
Tudo ia pelo melhor quando decidimos pedir a conta. E não, não ficamos de olhos em bico, ficamos foi burros... porque quase que era necessário sacar de um computador, para calcular a raiz quadrada da hipérbole do resultado da equação de 3º grau para no final descobrirmos o valor que tocava a cada um. Parecia fácil, difícil foi chegar ao momento de pagar e descobrir que faltava dinheiro. E aqui sim, continua a burrice ou deverei dizer bruxice? Vê aqui, vê acolá, ora espera aqui, ora deixa contar outra vez... faltava dinheiro. Uns diziam que faltava o equivalente a uma pessoa, outros a duas, outros a três, enfim... definitivamente essa noite, não era noite de contas.
Comemos bem? Comemos,
Foi divertido? Foi,
Sabemos fazer contas? Claro que não,
Há problema nisso? Nem um pouco,
Pior mesmo foi ter perdido a minha carteirinha... Mas tenho de me resignar, afinal de contas tratou-se de um jantar mistério.
Site Meter

Blogs Portugal

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Favoritos