Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

Desejos #134

por omundodosqueijos, em 26.11.17

7516788496_IMG_4209.JPG

Todos os dias, todas as horas, todos os minutos e todos os segundos. O meu maior desejo! Tu! Parabéns maridão.

Site Meter

O desfile do ano!

por omundodosqueijos, em 23.11.17

Os desfiles da Victoria’s Secret estão para o mundo da moda como a final da Liga dos Campeões para o futebol. São os melhores dos melhores. Os criativos juntam-se para as criticas, para saber se acompanharam as tendências, os homens juntam-se para contribuir contra a seca no mundo, tamanha é quantidade de baba e as mulheres, essa feias e gordas, que só se juntam para invejar os corpos esbeltos e maravilhosos do mundo ideal. Tanta beleza num espaço só. Mesmo quando acontecem do outro lado do mundo, os desfiles da Victoria’s Secret fazem correr mais tinta na impressa internacional do que o desaparecimento do submarino da Argentina. Fazem correr mais boatos que qualquer episódio das kardashian.

RTS1KPOP-741x486.jpg

 

O auge do desfile foi mesmo as banhas da nossa portuguesa. Aí e tal que ela está gorda, ah e tal só justificado se estiver grávida. Pois bem. Eu que me considerava boa de vista. Depois de tantos comentários, resta-me assumir que estou pitosga e preciso de ser vista por um especialista. Pois não lhe enxergo uma única preguinha na barriga.

RTS1KPQN-741x486.jpg

 

Falou-se ainda da queda da modelo chinesa Ming Xi. Ahahah! As gajas boas também caem. Pois caem. Mas ninguém comenta a forma majestosa como se levantou e continuou de cabeça erguida? Pois não? Pois, isto é para nós, gordas e feias aprendermos. Cair tudo bem, mas saber levantar é também um feito.

RTS1KQ1Q-741x486.jpg

 

A boa da Alessandra Ambrósio decidiu dizer Adeus, no desfile e dizer-nos: Eu aqui, boa que nem tudo, estou velha para isto.

Site Meter

Diz que é moda!

por omundodosqueijos, em 22.11.17

2100301020_1_1_1.jpg

 Os botins da moda, os botins da estação, é só sair à rua e perceber que estão espalhados por um sem fim de pés. Estes são da zara - bem vermelhos. Se à partida parece difícil de conjugar,  depois de ver as inspirações seguintes, mais parece um básico, onde qualquer coisa lhe fica bem. Ora vejamos:

8929cf7c2aceb6fb2eaba6f02ba17dbf.jpg

 

2177cae8de92576c17985bff106cc1c8.jpg

 

41a4d65f0bb30a01e73749c9f8e5294f.jpg

 

c451a41f57fc0f3d307c5124a6ae03ec.jpg

 

47130f21155fc7554f6e0c288d2c4ba8.jpg

 

18df926652a141a9567480dc0e1f71b4.jpg

 

b445798c667263f96a6c6be6dcec2b16.jpg

 

Site Meter

Quase um mês depois...

por omundodosqueijos, em 21.11.17

O meu halloween! 

 

Quando era criança, cheguei a ir algumas vezes com um grupo de amigos, bater às portas para dizer: trick or treat. Não me recordo se levávamos algumas treat preparadas, mas recordo-me de ao fim da noite, voltar para casa de uma das nossas amigas (a mais velha), para dividir as trick que angariamos. E que festa que era.

Entretanto fui crescendo, e fui perdendo o hábito de celebrar o halloween. Lembro-me inclusive, de em alguma altura mais parva da vida ter achado que era uma patetice e americanice. Depois cresci, tornei-me adulta e menos responsável e passei a gostar do dia. 

Este ano, umas semanas antes, uns amigos viram uma publicidade de uma corrida assustadora, no Europarque. Eram apenas 5km, achei engraçado e lá nos inscrevemos. Não esperando eu tamanha aventura. Eu que até me considero conhecedora do local, vi-me por sítios nunca antes descobertos, a organização esteve à altura de uma assustadora aventura. Muitos zombies, um conceito bem elaborado e divertido. Senti-me num trailer do filme SAW. Parabéns à organização, à caracterização, ao espaço e a ideia brilhante.

 

23000298_1497932916928080_210969292637113011_o.JPG

 

23116931_929627857211320_5865005126404715135_o.JPG

 A equipa - "Corre oh gorda!"

23120111_929578710549568_2970137655134285552_o.JPG

O grupo das 21:30 

23120144_929573023883470_3436302098010952806_o.JPG

 

23154973_929655303875242_6799172602388045681_o.JPG

 

23155201_929573253883447_309651798509021386_o.JPG

 

23157305_929610440546395_5136929693613953709_o.JPG

 

Site Meter

Semana #21

por omundodosqueijos, em 20.11.17

1c0240e316b7205fbcb2b5de012fe199c4b5fbbf.jpg

 Look Burberry para esta semana. Muito trabalho antes das tão desejadas férias! Vamos a isto. 

Site Meter

Desejos #133

por omundodosqueijos, em 19.11.17

12392326_11486605_1000.jpg

 

12392326_11486623_1000.jpg

 

12392326_11486588_1000.jpg

 

12392326_11486579_1000.jpg

E era muito isto, era! Vermelho, a cor que melhor me fica, em linhas elegantes e com um ar de quentinho que me aquece a alma. Quem se chega à frente. Estamos quase quase no Natal, não esperem por favor, pelos últimos dias para fazer as compras.

 

Prada Double Breasted Coat - 1750€ - à venda na Farfetch, claro! 

Site Meter

Escapes Rooms

por omundodosqueijos, em 16.11.17

Lá em casa é um assunto já conhecido há faz muito tempo. Pessoalmente só senti no dia dos meus anos. Estava no pacote dos presentes.

Apesar de estar familiariza com o conceito, só formalizei uma opinião mais concreta depois da primeira ida. Depois dessa, só voltei mais uma, mas a verdade é que já existe em calha umas tantas outras idas.

O que tenho a dizer sobre os escapes rooms (já tenho uma boa amostragem que me atesta a capacidade de opinar). Gosto do conceito. Assim tão simples. Gosto e pronto. Contudo existe, na minha opinião cinco tipos de “jogadores”

  • Existe aqueles jogadores que são considerados os chicos-espertos – Geralmente consideram o seu QI superior a média e encaram uma participação num destes jogos como as pedras pilares. Sem eles, os pobres mortais não terão capacidades mentais para sair da sala em menos de 60min.
  • Existes aqueles jogadores que não querem saber das suas capacidades de resolver enigmas, apenas que precisam de ganhar. Para estes mais do que 1 min dentro da sala já é entrar a perder. E vão com o espírito de que é para ganhar, portanto vale tudo.
  • Existem aqueles que são contra regras. E ter alguém a dizer-lhes: “Não é permitido”, ou “Não se pode”, “Não faz parte do jogo”, ou “Sempre que virem este autocolante não toquem”, entre outras, soa ao mesmo que blá-blá-blá-blá.
  • Existem ainda aqueles (nos quais eu me enquadro), que vão para ver. Ah é um jogo? Ah há tempo? Há temos de desvendar pistas? Pois bem minha gente, os jogadores que entram com o espirito do “vamos lá para ver”, são aqueles que não tem qualquer tipo de pressão, são uns cuscos e querem ver e analisar tudo, numa ótica do: ah que giro, para que serve”.
  • E há os tótós que simplesmente não vão porque tem medo, não gostam de espaços confinados, ou de não gostam de não saberem para o que vão. Por mim, esses, são jogadores fora do baralho. Recomendo-lhes uma esplanada num café à-beira-mar.

 

Fiz o meu primeiro escape room no Porto, num laboratório científico. E recentemente em Santa Maria da Feira, num ambiente de Halloween. Com grupos diferentes, bons na mesma. Mas não vou ficar por aqui. Bom demais para isso. Por isso, os mesmos ou outros 4 que se queiram juntar, por favor, cheguem-se à frente. Obrigada e boa tarde.

 

IMG_7093 (1).PNG

 

 

Site Meter

Já toda a gente comentou tudo sobre a Web Summit?

por omundodosqueijos, em 15.11.17

Já? Agora posso eu falar (mesmo que seja só para mim mesma) sobre este evento? Ok. Mesmo que não queiram, eu vou falar.

Eu este ano fui. De segunda a quinta, passeie-me pelos 4 pavilhões e ainda pelo Pavilhão Atlântico, Meo, Altice Arena.

Se no primeiro dia, foi só a sessão de abertura, a aberração de um primeiro-ministro que precisa de papeizinhos para dizer, rigorosamente NA-DA, nada de interessante e digno de um anfitrião, valeu pelo Medina, gostei, aplaudi e senti um pouco de orgulho, quando olhei para ambos os lados e vi malta estrangeira. Disse para mim mesma, mas com um olhar bem visível – “Ah pois é, eu moro cá, nha-nha-nha-nha!”. Mas foi um bom cheirinho do que seriam os restantes 3 intensos e largos dias.

Na terça-feira, deixamos o hotel que ficava em Saldanha pelas 09:20 (só da minha empresa fomos uma comitiva de para aí 20 pessoas). Chegamos facilmente ao recinto (sim, não senti um transito infernal, para além do normal em Lisboa), e estacionamos em pleno coração do parque das Nações, na Rua do Mar Vermelho, rua dos nossos escritórios na capital, e às 10:00 já me passeava pelo primeiro pavilhão. Foi um primeiro dia para deambular e admirar. Foi tudo uma novidade, muitas luzes, muita gente, muitas culturas, muita informação, muitas coisas para ver e absorver. Tinha comigo a aplicação que no primeiro dia pouco me serviu, tamanho a minha desorientação. Andei de um lado para outro, fui-me cruzando com algumas pessoas conhecidas, vi várias empresas que me são familiares, vi empresas novas, vi e falei com algumas pessoas (umas interessantes outras nem por isso), almocei o que quis, porque se há coisa que não faltou foi variedade. Desde pratos típicos oriundo de vários pontos do mundo, aos veggan, free-gluten, os fastfoods e tantos outros, variedade era coisa para não faltar. Assisti a algumas sessões e assim passei o primeiro dia web Summit. No segundo, depois do primeiro impacto, planeei bem, selecionei as conferências às quais não quis faltar, conjugando com a localização e horário das mesmas, agendei reuniões e ainda deixei no meu calendário horas vagas para visitar os stands, conversar com as empresas e simplesmente deambular. No final do dia, fomos ao Sunset e depois seguimos para a night summit. Quando regressamos ao hotel, na minha aplicação marcava mais de 24km palmilhados.

Quando acordei já era quinta-feira e era o último dia da Web Summit. Foi tudo tão rápido e enriquecedor, que não queria acordar em tamanha experiência e riqueza pessoal. Fui ver a Sophia e Dr. Einstein, vi, a Sara Sampaio (uma verdadeira perda de tempo, muito gira a miúda, mas…), vi o casal piroso e geek das fotos em que aparece a mão dele e ela (tão geeks, meu deus!), vi o Al Gore, vi o (nosso) Guterres (amei), não podia perder a Suzy Menkes (que antítese de pessoa, mas gostei imenso), Elon Musk, Brad Parscale (adoro polémicas) e tantos, tantos outros.

Pontos a favor – Muita gente, muitas culturas, 170 países representados que vieram ver e conhecer ou revisitar Lisboa, as imensas taxa turística que pagamos todos aos Lisboetas, o muito consumo em produtos, alimentos, recuerdos e tantas outras coisas, o deslumbramento e encanto com o tempo, o cheiro, a cultura, a gastronomia e tudo o que foi possível absorver em 4 dias intensos que promovemos. A vontade que deixamos a quem nos visitou em repetir e certamente regressar (sem ser em trabalho). Muitos foram os negócios que foram fechados nestes 4 dias, muitos mais foram as reuniões agendadas e apalavradas entre empresas, que certamente sairão em negócios fechados (caso não me tenha explicado bem, o que eu quis mesmo dizer, é muito dinheirinho que será movimentado – o chamado mexer com a economia). Muito se falou de Portugal pelo mundo, foram 4 dias, onde em muitos países, apareceu pelos bons motivos a palavra Lisboa escrita em notícias e jornais. O reforço de segurança (afinal de contas, tínhamos mais 60 mil pessoas que em dias normais), o reforço da limpeza dos espaços (afinal de contas, tínhamos mais 60 mil pessoas que em dias normais), a organização e muito, muito mais.

Pontos negativos ou menos bons – Não terem reforçado as máquinas de tickets do metro, a greve da Uber, a falta de boa educação dos taxistas, o mau humor dos lisboetas que não foram à Web Summit, terem levado a night summit para LX factory ao invés do Bairro Alto mas principalmente, não me terem convidado para o jantar de encerramento. O Panteão tem boas vistas e dizem que se canta lá bom fado, quem sabe até se não assistia a uma noite de poesia.

 

IMG_9377.JPG

 

IMG_9389.JPG

 

IMG_9393.JPG

 

IMG_9413.JPG

 

IMG_9428.JPG

 

IMG_9435.JPG

 

IMG_9449.JPG

 

IMG_9453.JPG

 

IMG_9457.JPG

 

 

 

Bem, agora que já aparvalhei o suficiente, resta-me torcer para que no próximo ano, seja novamente convidada pela minha empresa para ir à Web Summit, agora que já conheço o conceito, adoraria repetir mais não seja, só para ver o ar enfurecido dos lisboetas que não gostam que o evento se realize em Portugal, porque é uma chatice isto de promover o país e gerar economia.

Site Meter

O suicido colectivo

por omundodosqueijos, em 14.11.17

O momento em que todos os criadores de moda, os grandes nomes, os estilistas conceituados, todos aqueles que passam horas à fio a criar.... suicidaram-se, coletivamente! Tudo porque a Rita Ora entra em plena passadeira vermelha nada mais nada menos do que de roupão e toalha de banho. Ainda não percebi qual a cadeia de hotel de onde ela levou emprestadado tal indumentária, mas vou ampliar a foto para ver de descubro. Tem aqui um ar fofinho. E vejam só, que forma tão simples para deslumbrar. Qual cetins ou sedas indianas? Maravilhoso algodão, com sorte sorte, ainda são daqui de Guimarães. 

 

2017-11-13-1-Rita-Ora-2.jpg

 

Site Meter

Semana #20

por omundodosqueijos, em 13.11.17

papaqueijo.jpg

Nesta semana não há feriados, não há websummits, não há nada a não ser muito trabalho. Orientar as coisas porque as férias aproximam-se. Vamos a isto. 

Site Meter

Blogs Portugal

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Favoritos