Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

O Mundo dos Queijos

Um mundo derretido ou fresco, inteiro ou as fatias suíço, francês ou até português. À entrada, como sobremesa ou até mesmo no prato principal. Neste mundo, come-se de tudo!

Eu ainda sou do tempo em que o Furadouro tinha um muro...

por omundodosqueijos, em 10.10.10

Dear reports, see you tomorrow!

por omundodosqueijos, em 10.10.10

Vou finalmente levantar o meu rabo (já deformado) após mais de 14 horas, sentada no meu puf a trabalhar e vou ali pro lado... dormir.

My question mark...

por omundodosqueijos, em 09.10.10
Ontem o meu projecto de vida, subiu mais um degrau. Depois de muitas e muitas semanas a ameaçar avançar, ontem lá conseguiu dar mais um babystep... é o que dá ter um namorado fantástico!

Já só me faltam estes degraus todos et voilà, fica pronto.

Quem não tiver pancas que atire a primeira pedra

por omundodosqueijos, em 05.10.10
Eu sei que não sou "normal", tenho as minhas pancas, muitas delas bastante acentuadas. Felizmente hipocondríaca não faz parte do rol. Mas a verdade é que, um dia, era eu ainda uma adolescente, quando decidi confrontar o médico (após muita insistência do meu pai) com algo que se sucedia sempre que praticava exercício físico, nomeadamente quando fazia jogging.

Dei uma grande volta para explicar ao médico que ficava rapidamente ofegante, mesmo sem estar cansada. "Sinto muita falta de ar, é como estar com muita sede e só beber umas gotas de água", acho que foi mais ou menos assim que lhe expliquei. Causei o pânico, naquele consultório, fui corrida a tudo que era exames, electrocardiogramas, provas de esforço, ecocardiografias e afins. Todos com carácter de urgência.


Quando juntei os resultados de todos, voltei ao consultório, após minutos de análise e reflexões, o médico conclui simplesmente que o meu drama, o meu problema, a minha panca se deve a não saber respirar. Desenganem-se se pensaram que ele me receitou alguma dose de oxigénio ou me sugeriu alguma terapia de respiração. Paguei a consulta e apenas levei a recomendação de que eu preciso de aprender a respirar.


Nunca colmatei esta minha lacuna, já cheguei a pesquisar cursos de respiração, mas em vão. E hoje, continuo sem saber respirar. É inspira, expira, inspira, expira...



Era menina para me sentir bem, aqui:

por omundodosqueijos, em 05.10.10

Amei!

por omundodosqueijos, em 05.10.10

Filme do fim-de-semana # 4

por omundodosqueijos, em 03.10.10
The Reader - 4 Pipocas

Filme do fim-de-semana # 3

por omundodosqueijos, em 03.10.10




 

The Curious Case Of Benjamim Button - 5 Pipocas

Coimbra, U2 360º

por omundodosqueijos, em 03.10.10

Ontem foram duas horas de Bono e companhia indiscritíveis. Passaram ao nosso lado e após isso, entraram em palco gritando: BRIOSA. Desde a primeira música "Beautiful Day" até a última "Moment of surrender", a noite foi mais do que beautiful, mais do que magnificent, mais do que tudo.


Eles conseguiram levar-me à 2005, aquando da última visita à Alvalade, recordei 2009, em Dublin, levaram-me até muitos outros sítios, apenas ouvindo, gritando, pulando as músicas de todos os tempos dos U2.


O tempo de espera, sentados na relva a vê-los chegar de helicóptero e conjecturando como seria a viagem deles, da invicta até a terra dos estudantes, a entrada rápida e sem sobressaltos no estádio do académica. A escolha do melhor local possível para assistir a mais um (o terceiro) espectáculo daquele quarteto irlandês e a minha companhia, bem como de todos os conhecidos que encontrei, tornou o dia de ontem, num dia simplesmente memorável.


A espectacularidade do palco em forma de garra, que ontem me pareceu genuinamente mais fantástico que o mesmo placo que vi em Dublin. A conclusão estupenda a que chegamos após o concerto de que universidade não traz futuros brilhantes a ninguém (ver o exemplo desta banda, que apesar de ter uma das melhor universidades, a Trinity college, na terra mãe, nunca viveram academicamente).


E quando me perguntaram qual o concerto que mais gostei?


Demoro em responder, se o de Alvalade foi o primeiro e não há amor como o primeiro (é o que dizem), o de Dublin, foi mítico, por ser em Dublin, mas este, este foi o último, o mais presente (e também dizem que o não há amor como o último) logo concluo que U2 são U2 e estes são os CONCERTOS.



A repetir sem dúvida.

É hoje, e vou gritar muito In the naaaaaame of looooove!

por omundodosqueijos, em 02.10.10

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Favoritos